6 Razões Para a Sua Empresa Ter Um Site

A sua empresa deve ter um Site? Sim!

A maioria das pequenas empresas ainda não utiliza a internet como um canal de vendas. Segundo dados da PORDATA[1] em 2017, 60% das empresas em Portugal ainda não têm um site.

A primeira razão pela qual precisa de um site, mesmo que a sua empresa tenha cinco funcionários ou menos: é na internet que muitos dos seus potenciais clientes estão a maior parte do tempo. A internet oferece, às empresas, uma montra que está sempre aberta ao público, 24 horas por dia 365 dias por ano. 

Dados da Marktest[2] mostram que foram 4,52 milhões os portugueses que acederam a lojas online, a partir dos seus computadores pessoais, no segundo trimestre de 2017. O valor corresponde a um aumento de 3,7% face a igual período do ano anterior. A tendência é positiva e o ritmo de crescimento vai até 2020.

A (r)evolução é a utilização da internet, como motor de procura e consulta de informação imediata, onde quer que esteja. A informação tornou-se portátil e acompanha-o para onde for. Em 2017, 54,2%[3] dos internautas utilizaram o telemóvel para navegar na net. Como consequência os seus potenciais clientes esperam ter a informação da sua empresa, e a informação dos seus produtos/serviços, sempre disponível para consulta em qualquer altura e em qualquer lugar.

Que impacto isso tem na relação que tem com os seus clientes, e como utilizar esta revolução nos hábitos de consumo em seu benefício?

1) As pessoas usam a internet como costumavam usar a lista telefónica.

Hoje já ninguém utiliza as listas das páginas amarelas para encontrar um canalizador. Os negócios locais têm de se adaptar ao uso de smartphones e tablets. São essas as ferramentas usadas para a procura de bens e serviços locais. Não aparecer nos motores de busca é perder potenciais clientes. 

2) Um site comercial dá legitimidade à sua empresa.

As pessoas esperam que as empresas tenham o seu próprio site, tal como antigamente esperavam que as empresas tivessem uma morada física.

Não ter um site comercial levanta questões aos olhos dos clientes. Na hora da decisão quem tiver o maior número de canais de comunicação, e reputação online, verá os seus serviços chegar a mais gente.

3) Um site comercial oferece-lhe outro canal de marketing.

Ter um site comercial oferece uma presença permanente na internet. Pense no site como um cartaz outdoor de publicidade online. Instantaneamente, divulgue os seus produtos e serviços, deixe que os clientes o encontrem a si. (Claro está, que o sucesso do cartaz online depende de quantos olhos o veem, da sua estratégia de marketing online, SEO, conteúdos, gestão de redes sociais, etc.).

4) Um site comercial oferece outra oportunidade para a recolha de dados / geração de leads.

Ter um formulário de contacto no seu site faz com que a sua empresa esteja sempre aberta. Pode ficar com os dados de potenciais clientes e contactá-los posteriormente para fechar uma venda. 

Mas pode fazer muito mais. Pode criar uma newsletter e dar a possibilidade a que novos visitantes se inscrevam nela. Pode criar ofertas especiais, anunciá-las no site, e captar novos contatos de potenciais clientes.

5) Os gastos com comércio eletrónico estão a aumentar a cada ano.

Com as vendas online a crescer em todo o mundo, Portugal não é exceção, deve criar uma estratégia de presença online, especialmente se pretende vender online. No centro dessa estratégia está o seu site. Dados da ACEPI mostram que em 2017 foram gastos 4,6 mil milhões em 2017 e, segundo o relatório, o valor deverá crescer para os 8,9 mil milhões até 2025.

Mais do que números esta informação mostra que os hábitos de consumo estão a mudar. A comodidade da compra online, a forma como comparamos os preços e procuramos o melhor valor, e as novas formas de pagamento via smartphone, fazem com que os consumidores gastem mais dinheiro neste canal de vendas.

6) O seu site na internet aumenta o número de vendas da loja física

Ter uma relação de proximidade com os clientes também acontece online. Os clientes procuram pelos seus produtos mesmo antes de o visitar. E se encontrarem o que pretendem, deslocam-se à loja física.

Em muitas das vendas online o cliente prefere levantar os produtos na loja física. As principais razões são:

  1. proximidade com o ponto de recolha;
  2. Não pagamento de taxas de transporte;
  3. reserva de produto para levantamento no mesmo dia da compra.

Qual é a sua razão de não estar online?

O dono de uma empresa de serviços, com quem falei recentemente, disse-me que não tinha um site porque não procura novos clientes. As solicitações que tem são mais do que suficientes para o futuro próximo. Mas porque não criar um site para cimentar a sua empresa junto dos clientes existentes, projetando para um futuro, não tão distante, uma presença online virada para novos clientes. As vantagens são que quando precisar de mais trabalho já tem uma presença online a funcionar e pronta para trabalhar para si.

Mas se realmente quer mais negócios, um site, hoje em dia, é como o cartão de visita – obrigatório – para qualquer negócio – e não pense que apenas precisa de um site para vender online. Um site que serve como cartão de visita digital, ter sempre os seus contactos online, fornecer aos potenciais clientes informações sobre a sua empresa.

Fontes:

[1] https://www.pordata.pt/Portugal/Empres…+pessoal+ao+servi%C3%A7o-1145

[2] https://tek.sapo.pt/noticias/internet/a…a-vez-mais-tempo-em-sites-de-ecommerce

[3] http://marketeer.pt/2017/09/12/como-acedem-os-portugueses-a-internet/

Sobre o autor

A TalentScreen é uma empresa especializada na criação de site e criação de lojas online. Temos soluções para tornar os seus projetos realidade, desde a construção do web site, alojamento de qualidade e todo o software de gestão associado. Se necessitar de uma solução chave na mão contacte-nos!